Na data de hoje, 2° domingo de maio, no Brasil é comemorado o dia das mães. E sempre surgem alguns debates, sobre esse movimento. Para alguns hoje é apenas uma data comercial que faz com que os filhos presenteiam suas mães, outros acreditam que dia das mães é todo dia. Enfim, sempre tem alguém que acredita em alguma coisa, e ficam presos em suas próprias certezas como uma forma de defesa contra um mundo que ela acredita que está atacando direta e indiretamente. 

Eu posso falar por mim e por minhas experiências, e espero que elas possam te ajudar a refletir sobre o dia de hoje, de ontem e de amanhã.

Biologicamente, mãe é o ser humano do sexo feminino que gerou uma vida em seu ventre após ter uma relação sexual com alguem do sexo oposto. Legalmente tem um movimento para dizer que mãe é quem cria, apelando para a relação afetiva seja o que os tornem uma família. 

Vou recomendar uma série disponível no Amazon Prime e no Star Plus que retrata a história de uma família com uma criança adotada. A história tem um pai, que luta contra seus demônios, uma mãe com gênio forte, e trigêmeos, porém, no dia do parto um deles morre, e o pai adota uma criança que foi abandonada em frente ao corpo de bombeiros naquela noite. E eles vão para casa com as 3 crianças. Cada capítulo é um motivo para auto reflexão, em um capítulo talvez você se identifique com o pai, veterano de guerra, em outro você pode se identificar com a mãe, filha de pais superprotetores, e outro você pode se identificar com gêmeo egocêntrico, em outro com a gemea obesa, em outro você se identificar com o gêmeo adotado, que em um momento vai em busca de suas raízes. O nome da série é “This is us”. Recomendo que assista como se estivesse em um treinamento de autoconhecimento, refletindo sobre cada fala.

A grande questão sobre o dia das mães, é justamente o que vemos na série, hora com a mãe, hora com o pai, hora com os filhos e cada um ao seu modo busca resolver as suas próprias dores da melhor forma possível. 

Aos filhos de hoje eu tenho algo para te dizer, a sua mãe não é perfeita. Quando você nasceu, talvez ela tivesse dúvidas sobre cuidar de você e por muitas vezes se sentiu perdida, cansada, desesperada, sem saber o que fazer para que você pudesse sobreviver. Preocupações com dívidas, alimentação, roupas, moradia, educação, sobrecarregam ela de uma forma que a exauriram ao ponto de hoje ela parecer meio ranzinza, meio chata, sem papas na língua, querendo cuidar da sua vida, querendo dizer como você deve tocar o seu casamento etc

Mas, isso tudo é apenas um reflexo de uma menina que se tornou mãe sem ter tido a preparação necessaria em um mundo que prega que o amor de mãe é incondicional. E nesse ponto talvez as próprias mães discordem de mim, e tudo bem discordar, mas o fato é que você as mães se sentem sobrecarregadas hoje, por acharem que devem dar conta de tudo para todos. 

O amor de mãe, não é diferente do mãe de marido, do amor da esposa, colocar na mãe o peso do amor incondicional é de uma crueldade nunca vista na fase da terra. 

Então,mãe, se permita não ser perfeita, não carregar as dores dos seus filhos, não carregar as dores da sua família, foque em carregar os seus sonhos.

Mãe, não é professora, não é empregada, não é cozinheira etc

Mãe é uma mulher com a alma marcada pelas cicatrizes causadas pela ingratidão dos filhos.

Então, filho, se você realmente quer dar um presente a sua mãe, respeite a história dela sem exigir dela aquilo que está dentro de você. 

E você mãe, saia da posição de amiguinha dos seus filhos e os ensine que podem contar com você, mas os problemas deles, são deles. 

Desejo a todas as mães um ultra dia e que essa reflexão possa te ajudar a ter dias mais leves.

Comente aqui o que você achou dessa reflexão.
Gratidão por ler até aqui


Eu vejo você

The following two tabs change content below.
Sou Aprendiz de Liberdade e busco ser melhor pai, melhor marido, melhor amigo, melhor profissional e te desafio a buscar a melhor versão de si mesmo todos os dias. Amante da musica e sempre em busca de conhecimento que agregue valor. Practitioner em PNL, Empreendedor Digital, Palestrante e Psicoterapeuta.

Comente com Seu Facebook

Deixe uma resposta