Segue o jogo

Nessa sexta feira  (06/07/2018) a seleção brasileira de futebol masculino deu adeus a Copa do Mundo 2018. O maior evento futebolístico do globo que ocorre a cada 4 anos.

Se você acompanha um pouco de futebol mesmo que não seja torcedor sabe o peso que uma Copa do Mundo tem para o coração das pessoas apaixonadas pelo esporte.

O caminho para chegar nesse evento foi duro pois somente 32 países foram representados nessa edição. Ficando de fora países tradicionais como Itália, Holanda e outras seleções com ótimos jogadores.

No bolão que estou organizando percebi que o jogo do Brasil e Bélgica TODOS palpites davam como certa a vitoria da seleção brasileira. Porque no papel tínhamos os melhores jogadores, afinal somos a unica seleção com 5 títulos mundiais. E o técnico Tite desde que assumiu o comando da seleção brasileira ainda não tinha perdido uma partida oficial. Porem não contavam com uma atuação ate que apática de grandes estrelas do futebol brasileiro e uma disciplina do time adversário.

Deixando as analises do jogo para quem entende do assunto, gostaria de traçar um paralelo com nossa vida cotidiana.

Quantas vezes temos como certo alguns resultados em nossa vida mas quando chega a hora não acontece o que tínhamos planejado?

Estamos planejando fazer uma viagem nas ferias, mas acabamos perdendo o emprego.

Queremos trocar de carro, mas alguém da família fica doente e consome nosso escasso recurso financeiro.

Queremos encontrar a pessoa amada mas a lei de murphy faz com que tudo de errado.

Quantos sonhos, planejamentos, e as vezes por falha nossa não alcançamos o objetivo?

As vezes acontece coisas conosco que não temos como evitar. Mas em sua maioria a culpa é nossa porque não nos preparamos adequadamente. Por exemplo, quando vamos numa entrevista de emprego, podemos perder a vaga por chegarmos atrasado a entrevista. Podemos tirar uma nota baixa na prova porque não estudamos o suficiente. Perdemos um bom relacionamento porque distribuímos nossa atenção para outras coisas e pessoas e não concentramos na pessoa que realmente importa. Os exemplos são vários. Mas a questão não é o que acontece, mas sim, o que fazemos depois que perdemos?

A vida não termina quando perdemos o emprego.

A vida não termina quando perdemos uma partida de futebol.

A vida não termina quando perdemos um sonho.

A vida não termina quando perdemos um relacionamento.

A vida não termina quando perdemos um ente querido.

Por mais duro que seja hoje, a vida só termina quando você desiste de viver.

E cabe somente  a você saber pelo que vale a pena chorar e sofrer. Tem coisas e pessoas que não valem nosso sofrimento. Mas, chorar faz bem. Alivia a dor na alma. Mas chorar em excesso causa um prejuízo em sua alma podemos causar melancolia. O que poderá te levar a depressão.

Não importa  que houve. Deixe o luto acontecer, mas não prolongue.

Se permita viver o melhor dessa vida hoje. Ontem ja passou e amanhã ainda não chegou.

 

 

The following two tabs change content below.
Natã Campos
Sou Aprendiz de Liberdade e busco ser melhor pai, melhor marido, melhor amigo, melhor profissional e te desafio a buscar a melhor versão de si mesmo todos os dias. Amante da musica e sempre em busca de conhecimento que agregue valor. Empreendedor Digital, Palestrante e Psicoterapeuta.

Comente com Seu Facebook

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: