Ansiedade e a sexualidade

Ansiedade e a sexualidade

Há muito tempo me pediram para falar sobre a sexualidade. Com muitos projetos em andamento, ficou difícil tirar um tempo para escrever sobre algo que é tabu para muitas pessoas. 

Avisa 01: Vou falar sobre sexualidade, provavelmente você encontrará algum termo considerado tabu para você e se sinta desconfortável. Fique tranquilo, é normal quando temos nossas crenças confrontadas.

Aviso 02: Este texto contém spoilers sobre a sexualidade. Se você não tem vida sexual ativa devido a pouca idade. Você pode preferir não continuar a leitura. 

Sexualidade

Falar sobre o assunto tabu de todos os séculos pode ser uma aventura sem fim. Porque a cada dia a ciência faz descobertas interessante sobre o assunto. 

Mas você está pensando que sexualidade é simples, basta um homem e uma mulher se entregarem para um momento íntimo de mão naquilo, aquilo na mão e por aí vai. 

Isso é sexo. E você vê muito disso nos filmes e novelas de hoje em dia. 

Sexualidade está em um nível mais profundo e vai além do contato físico. 

Se não houver essa maturidade individual, os momentos íntimos não servirão para nada, além de trocas de saliva e suor.

Níveis de consciência

Considere o nível de consciência 10 sendo o pior possível e o nível de consciência 1, sendo o melhor possível. Então quanto mais perto do 1 melhor e quanto mais perto do 10 pior. Combinado?

Agora conseguimos prosseguir.

Qual o objetivo do ato sexual?

Essa resposta depende do nível de consciência de cada um. 

Um indivíduo com um nível de consciência entre 7 e 10 está preocupado com as suas dores. Então para ele o ato sexual, não passa de sexo. 

Para esta pessoa com um nível de consciência baixa, tudo acontece para suprir as suas necessidades. Então ela vai transar para suprir seu desejo e não do parceiro(a). E quando não tem suas fantasias sexuais realizadas pode buscar em outros parceiros(a) aquilo que não encontrou. 

Alguns vão perceber que o sexo não está bom e vão terminar o relacionamento. 

Outros vão perceber que o sexo não está bom, porém não tem coragem para romper o relacionamento, mas buscam formas de suprir seus desejos. 

Há aqueles que vão reprimir seus desejos sexuais e vão se sentir presos em um masmorra sem saída. 

Em todos os casos, o indivíduo está focado apenas em sua dor. Eles focam tanto em si que não percebem que ferem quem está ao seu lado. 

Consciência Baixa

Um indivíduo com a consciência baixa não vai conseguir perceber que ele está ferindo alguém. 

Ele literalmente olha só para si. Mas isso não o torna um egoísta. Todos nós somos egoísta em algum momento da vida. 

Nesse nível de consciência ele está propenso a seguir seus instintos primitivos e buscar apenas o prazer imediato. 

Aqui, o indivíduo vai buscar prazer nas drogas, no álcool, no sexo e não vai tirar proveito de nada. 

Vai ser como um avião supersônico passando pelo paraíso, alguns podem até saber que estão passando pelo paraíso. Mas, estão tão rápidos que muitos não conseguem nem sentir o momento. 

Amadurecimento do nível de consciência

Porque é importante eu amadurecer meu nível de consciência?

Pelo simples fato de eu não continuar ferindo as pessoas que me amam e que são importantes para mim. 

Pode não parecer, mas quando estamos com o nível de consciência baixo, ferimos com palavras, com atitudes, com o silêncio, com a raiva, com o olhar. O menor dos nossos gestos saem com a intenção de ferir o outro. Porque simplesmente estamos focados em atender o nosso desejo.

O outro literalmente não existe. E perceber isso por conta própria é quase impossível. 

E não adianta dialogar com alguém com consciência baixa. Literalmente é a mesma coisa que falar para o seu cachorrinho no cio não sair na rua para “quengar”. 

O indivíduo vai seguir os seus instintos primitivos na primeira oportunidade. Assim como um cachorro no cio, faz nesse período. 

Mas, é possível gradativamente aumentar o nível de consciência do outro. E aqui entra um paradigma muito forte. 

Muitos acreditam que não mudamos o outro. Mas, isso é uma desculpa de quem não está comprometido o suficiente. E está tudo bem. Cada um tem o seu direito de escolha. Mesmo que essa escolha seja feita com o nível de consciência inadequado. 

O amadurecimento do nível de consciência se dá por alguns métodos. O resultado vai depender muito do indivíduo. 

Alguns podem ler um livro, e uma palavra provar um insight inicial que vai desencadear todo um sistema de reconstrução de identidade. 

Outros, podem ter esse insight assistindo um filme. 

Ou até mesmo em uma roda conversa. 

Nesses três exemplos, é extremamente raro de acontecer. Mas é possível. 

O melhor caminho ao meu ver, é aquele com menos dor e com resultado mais rápido. Que o indivíduo encontra na terapia. Um bom terapeuta vai conseguir auxiliar o indivíduo a lidar com suas questões primitivas e com isso iniciar a escalada no nível de consciência. 

Porém, a maioria escolhem inconscientemente o caminho mais dolorido. Depois de muita dor e muita perda, resolvem procurar ajuda. 

Contudo, pela minha observação o número de pessoas que passam a vida com o seu nível de consciência baixo é estupidamente esmagador. 

Por isso temos tantos problemas com relacionamentos de todos os tipos. 

Para exemplificar dentro de uma escala de 100 indivíduos.

Nível de consciência  baixo 10 – 7

95% vão passar a vida toda sem nem saber sobre seus níveis de consciência. 

Nível de consciência natural 6 – 4

4% vão brigar consigo mesmo e vão se manter com seu nível de consciência natural. 

Nível de consciência saudável 3 – 1

Apenas 1% vão experimentar em algum momento da vida o nível de consciência saudável, que está entre os nível 3 a 1. 

Entendido a relação dos níveis de consciência e como eles interferem no nosso relacionamento. Partimos para o assunto proposto. 

Sexualidade

Depois de lidar com o seu próprio nível de consciência, vamos entender um pouco sobre a questão da sexualidade e sua importância no dia a dia. 

Ao contrário do que muitos podem imaginar, uma prostituta não entende mais de sexualidade do que alguém que não é. 

A prostituta, está ali para atender os desejos primitivos do homem ou mulher que procura seus serviços. 

Se isto é certo ou errado depende de suas crenças de mundo. 

A prostituta é uma prestadora de serviços que atende todos os desejos do cliente por troca de uma quantia de dinheiro por um período de tempo. 

Por outro lado, temos os casais tradicionais que poderiam suprir essa mesma demanda. Se você pensar no custo de vida hoje, para manter casa, alimentação, educação, filhos, família etc… 

Contratar uma prostituta, pode sair mais barato financeiramente falando. Porém, o custo emocional desde hábito pode ser irreparável. 

Se o ato de consumir pornografia já tem seu preço, multiplique por mil o preço de quem se rende aos desejos primitivos supridos por maneiras não convencionais.

Mas este não é o assunto agora.

Energia sexual

Quando transamos com alguém, nosso corpo dispara uma série de hormônios que geram sensações por todo o corpo. 

Explorar esse momento ao seu ápice vai te ajudar a ter uma vida saudável e de bem consigo mesmo. 

O sexo não é apenas ereção, penetração e ejaculação. Isso é pornografia. 

Sexo gera energia entre os corpos e traz um relaxamento prolongado.

Continua…

Natã Campos

The following two tabs change content below.
Sou Aprendiz de Liberdade e busco ser melhor pai, melhor marido, melhor amigo, melhor profissional e te desafio a buscar a melhor versão de si mesmo todos os dias. Amante da musica e sempre em busca de conhecimento que agregue valor. Practitioner em PNL, Empreendedor Digital, Palestrante e Psicoterapeuta.

Latest posts by Natã Campos (see all)

Comente com Seu Facebook

Sobre Natã Campos

Sou Aprendiz de Liberdade e busco ser melhor pai, melhor marido, melhor amigo, melhor profissional e te desafio a buscar a melhor versão de si mesmo todos os dias. Amante da musica e sempre em busca de conhecimento que agregue valor. Practitioner em PNL, Empreendedor Digital, Palestrante e Psicoterapeuta.
%d blogueiros gostam disto: