1° EDIÇÃO JEJUM AÇÃO RECOMEÇO : Dia 4

Bem vindos / Instrução / Dia 0 / 1° Dia / 2° dia / 3° Dia / 4° Dia / 5° Dia / 6° Dia / 7° Dia/ Encerramento

 

4° Dia

Exclua da sua dieta o café e produtos que contenham cafeína

Hoje sera um grande desafio paras os amantes do café.

Os mitos e as dúvidas sobre o consumo de café não são tão raros assim. Seja por palpite de alguém próximo ou de colegas de trabalho, seja por uma insegurança pessoal mesmo, muita gente às vezes se pega pensando se aquelas xícaras de café não fazem mal ou são responsáveis pelas noites mal dormidas ou por algum outro probleminha que esteja incomodando.

Conversamos com o cardiologista Augusto Scalabrini Neto e com a nutricionista funcional Andrezza Botelho para tirar isso a limpo. E o veredito é: se consumido de forma responsável, o café traz muitos benefícios para a saúde e provavelmente não é o culpado por outros problemas.

Mas o que é o consumo responsável de café?

Graças à cafeína, o café é um estimulante natural que atua no sistema nervoso central. Por isso que, minutos depois de ser bebido, dá um pique extra a qualquer pessoa. Assim, é razoável que não se beba café de seis horas antes de ir dormir em diante, sob o risco de ter uma noite mal dormida por causa da cafeína circulando no cérebro.

A dose diária de café também é importante quando se fala em consumo responsável da bebida. “Até três xícaras de café por dia é uma medida que traz benefícios e não causa males à saúde. Xícaras pequenas, as de café mesmo”, recomenda Augusto.

A título de informação: uma xícara de café contém 50 ml da bebida. Assim, beber até 150 ml de café por dia está bem ok. E não há diferença se for café espresso ou café coado.

Agora vamos aos benefícios do café para a saúde

Entendidas a dose e a limitação de horário para beber café, chega a parte boa: conhecer os principais benefícios que ele traz para a saúde.

Em primeiro lugar, o café turbina as funções cerebraisaumenta a velocidade de raciocínio e melhora a memória. Um estudo da Universidade Johns Hopkins (Maryland, EUA) realizou testes de memória com voluntários que tomaram uma dose de café ou um comprimido de cafeína e outros que não tomaram nada ou um comprimido de placebo. Os resultados do primeiro grupo foram superiores aos do segundo.

Suas doses diárias de café também podem ajudar a prevenir o câncer. “Por ser rico em antioxidantes, o café ajuda a evitar a degradação e a alteração das células, prevenindo o surgimento de mutações que podem resultar em tumores”, explica Andrezza.

A presença dos antioxidantes no café também faz bem para a pele. Eles evitam a produção de radicais livres, os principais responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele, diz a nutricionista: “O grão verde do café tem sido muito utilizado na produção de cremes antirrugas.”

Quando o assunto é coração, o consumo de até três xícaras de café por dia é benéfico. “O café tem um efeito positivo nos vasos sanguíneos. Ele melhora a circulação, o fluxo de sangue pelo corpo. É um bom auxiliar vascular”, afirma Augusto.

Andrezza destaca, ainda, que o café auxilia na digestão, pois “estimula os intestinos, o reflexo do estômago e do retossigmoide (a parte final do intestino grosso), aumentando o movimento gastrointestinal e facilitando a digestão dos alimentos”.

Por outro lado, café em excesso pode ser ruim para a saúde

Tudo isso que foi falado até aqui, não custa reforçar, vale para quando são tomadas até três xícaras de café por dia. Mais do que isso – ou seja, mais do que 150 ml diários – pode causar males à saúde.

O coração é o primeiro a ser lembrado disso. O cardiologista Augusto esclarece: “Em excesso, o café aumenta a vasoconstrição, a pressão arterial e o risco de arritmia. Com isso, aumenta também o risco de infarto.”

Por ser estimulante, a cafeína pode prejudicar o sono e levar à insônia. Lembra que a gente detalhou ali em cima sobre tomar café no máximo até seis horas antes de ir para a cama? É sério mesmo!

Como parar de tomar café?

1 – Reduza gradualmente
Se você bebe muito café, reduza aos poucos, o que ajuda a diminuir a intensidade dos sintomas de abstinência e confere mais tempo para desenvolver novos hábitos.

2 – Escolha outra bebida
Uma dica é substituir o café por outras bebidas, nem que seja café descafeinado (tem 2 a 25 mg de cafeína por xícara, enquanto o tradiconal conta com 100 mg ou mais). Entre as opções estão chá ou até mesmo água quente (não acrescente limão, porque pode agravar o refluxo).

3 – Tome analgésico
Dor de cabeça latejante, às vezes com duração de dias, é um sintoma da retirada da cafeína. O uso temporário de analgésicos pode aliviar o seu sofrimento. Mas fique longe de aspirina e ibuprofeno, porque podem agravar o refluxo. Prefira paracetamol, desde que não tenha problemas no fígado.

4 – Beba mais água
Beber água, seja quente ou fria, é uma boa pedida para desintoxicar. Além disso, ocupa suas mãos e boca quando abandonar o consumo de café. Algumas pessoas já disseram que a água ajudou a ficarem mais alertas, condição que normalmente é afetada pela falta de cafeína.

5 – Invista em atividade física
O exercício é um estimulante como a cafeína. Portanto, coloque o corpo em ação para combater a fadiga e aliviar a irritabilidade característica de quem abandona o café.

6 – Coma alimentos saudáveis
Alimentos pesados podem torná-lo sonolento e piorar a azia. Esqueça açúcares e gorduras e invista em frutas, verduras e grãos integrais.

7 – Faça refeições consistentes
Não fique sem comer por mais de quatro horas, o que afasta a fadiga e o refluxo. Não pule o café da manhã.

8 – Durma mais
A melhor maneira de eliminar o cansaço é realmente dormir, e não se entupir de café. Para facilitar, evite cochilar durante o dia, faça exercícios regularmente e deite-se no mesmo horário.

9 – Relaxe
Técnicas de relaxamento, como ioga, meditação e massagem, podem colaborar com problemas de mau humor e concentração, associados à retirada da cafeína.

The following two tabs change content below.
Natã Campos
Sou Aprendiz de Liberdade e busco ser melhor pai, melhor marido, melhor amigo, melhor profissional e te desafio a buscar a melhor versão de si mesmo todos os dias. Amante da musica e sempre em busca de conhecimento que agregue valor. Empreendedor Digital, Palestrante e Psicoterapeuta.

Comente com Seu Facebook

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: